Tipos de Alta disponibilidade VMware vSphere

INTRODUÇÃO

Quando pensamos em alta disponibilidade lembramos logo do tradicional HA que é habilitado no cluster de host ESXi. O que muita gente não sabe é que existem outros tipos de alta disponibilidade que a VMware oferece de acordo com o cenário.

Hoje com o vSphere as organizações conseguem de uma forma rápida e segura se programarem para realizar a manutenção de seus servidores físicos ESXi. Usando o vMotion para mover VMs entre hosts, fato que garante um planejamento simples e um esforço baixo, podendo até muitas vezes realizar a manutenção do servidor físico em horário comercial.

Dito isso, iremos conhecer algumas opções que a VMware oferece e no futuro a depender do meu hardware 🙂 Irei disponibilizar posts contendo algumas destas opções.

Prevenindo-se de tempo de inatividade não planejado usando vSphere HA

O cenário lindo é de poder fazer a manutenção do host ESXi de forma penejada. E se ocorrer uma falha? Além dos recursos que o ESXi nativamente já oferece, existem outros pontos que devemos levar em consideração que compõem um conjunto de métodos que visam manter a disponibilidade das VMs:

  1. Storage compartilhado: SCSI SAN, or NAS com copia síncrona ou assíncrona entre sites ou storage em apenas um site;
  2. Nic teaming de placas de redes;

Para cenários em que é possível criar um cluster de host existem funcionalidades como o HA que minimiza o tempo de parada , no entanto, não oferece uma disponibilidade continua como você pode ver na imagem abaixo para VMs.

vmw-dgrm-vsphere-app-ha-lg

A VM é reiniciada quando o host em que ela se encontra se torna indisponível por quaisquer motivos, a VM então é iniciada em outro host e a aplicação fica fora de operação neste tempo. A vantagem desta solução é a prevenção em casos de manutenção e a reação em casos de falha de host que gerante pelo menos a utilização da VM em outro host saudável diminuindo os custos e o tempo de restauração de um backup se for o caso.

Fault Tolerance ( Tolerância a falhas)

O vSphere HA por si só usando DRS e vMotion como já se sabe fornece um nível básico de proteção de VMs. Em caso de falha de um host, a VM é reiniciada do outro lado (HOST) ocasionando assim a interrupção dos aplicativos.

vSphere-6.0-FT_1

Já o recuso Fault Tolerance ( Tolerância a falhas) é  mais avançado e permite que uma VM continue com os seus processos em caso de falha de um host. O Fault Tolerance fornece disponibilidade continua usando uma VM primária e outra VM secundária que garante que os estados das VMs sejam idênticos em qualquer ponto de execução e tanto faz uma ou outra falhar, o failover é imediato e transparente garantido o funcionamento da aplicação mesmo quando o vCenter estiver offiline.

Mais detalhes em outro post direcionado somente para FT fique ligado!

Alta disponibilidade de vCenter usando Appliance 6.5 ou 6.7

Uma novidade legal desde a versão do vCenter 6.5 é o HA de vCenter.

A alta disponibilidade do vCenter (vCenter HA) protege o vCenter Server Appliance contra falhas de hardware. A arquitetura ativa-passiva da solução também pode ajudar a reduzir significativamente o tempo de inatividade quando você corrige o vCenter Server Appliance. Depois de algumas configurações de rede, você cria um cluster de três nós que contém o vCenter ativo, Passivo e WINTNESS . Caminhos de configuração diferentes estão disponíveis. O que você seleciona depende da sua configuração existente.

vcsa-ha-0

Existem algumas opções de deploy e configuração, iremos abordar em outro post o uso desta solução em determinados cenários. Mais detalhes em outro post direcionado somente para o HA de vcenter fique ligado!

Alta disponibilidade de vCenter Server usando o serviço de cluster Windows

Desde a versão do vCenter 5.5 Update 3 a opção de configurar o vCenter for Windows usando serviço de cluster pode ser utilizado. O cenário consiste em manter várias instâncias entres os nodes de cluster, no entanto, apenas uma delas de forma ativa. Desta maneira isso se torna uma vantagem quando se precisa realizar a manutenção nos servidores do vCenter, basta ativar a instância passiva para manter os serviços do vCenter disponíveis sem encerrar, desligar o banco de dados.

Para o cenário com cluster Windows temos duas abordagens. A primeira que só funciona em Windows. Meio obvio não? 🙂 A segunda que só funciona com VMs e não com host físico contendo o vCenter instalado.

CONCLUSÃO

Vimos aqui que existem várias opções de alta disponibilidade que a VMware oferece. Para o que você for escolher, avalie a necessidade de configurar cada uma delas. Algumas das opções são padrão e obrigatária como no caso do HA de host que é bastante fácil de se configurar, outras são complexas e limitadas a depender do que precisar ser utilizado no ambiente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.